O que é o metaverso e como ele pode impactar a sua loja virtual | homepage

Conheça a FastStore Beta da Imediata: We ♥ shopping experience

O que é o metaverso e como ele pode impactar a sua loja virtual

O que é metaverso

O que é o metaverso? é a tecnologia que pretende modificar para sempre a forma com que enxergamos as experiências digitais.

De uns tempos pra cá, esse assunto começou a chamar a atenção da mídia e do público, que se mostram cada vez mais interessados no potencial desta tendência.

Pensando nisso, decidimos destacar alguns conteúdos abordando esse tema, apresentando o conceito, compartilhando informações atualizadas e explicando como ele pode impactar a sua loja virtual em um futuro próximo. Vem entender!

O que é o metaverso?

É compreensível que as empresas e os consumidores estejam tendo curiosidade para compreender o que é o metaverso.

Trata-se de um conceito bastante único e abstrato, mas que, ao mesmo tempo, é fácil de compreender. De maneira geral, o metaverso pode ser descrito como uma evolução de diferentes tecnologias disponíveis atualmente que, quando integradas, formam uma rede única, onde os usuários podem interagir de uma maneira extremamente imersiva.

Estamos falando da união de inovações como realidade virtual, realidade aumentada, blockchain, UX e criptomoedas, dentro de um ambiente digital, renderizado em 3D e que funciona em tempo real.

Essa combinação de vários elementos promete proporcionar diversas possibilidades para o mercado, permitindo experiências diversificadas, como, por exemplo:

  • Realização de eventos (como shows, feiras ou até mesmo festas de aniversário);
  • Ambientes digitais para quem faz home office (espaço para que empresas possam realizar encontros com os funcionários, mesmo no trabalho remoto);
  • Encontro entre amigos (locais digitais com opções virtuais de entretenimento);
  • Upgrade no comércio eletrônico (que pode modificar totalmente a jornada de compra do consumidor);
  • E muito mais.

Para se ter uma ideia, ao explicar o que é o metaverso, Matthew Ball, sócio-gerente da empresa de capital de risco Epyllion Industries, disse que estamos “à beira da próxima internet”.

Ou seja, tudo indica que, em breve, teremos acesso a recursos que poderão quebrar diversos paradigmas. Inclusive, Mark Zuckerberg, CEO do Meta, estima que pode levar entre 5 e 10 anos para que os principais recursos do metaverso se tornem populares.

O que esperar do metaverso para o e-commerce

Uma forma interessante de entender o que é o metaverso, é separando-o em diferentes blocos. Assim, é possível pontuar alguns pilares que mostram como essa plataforma pode impactar o mundo do e-commerce.

  • Realidade Virtual e Realidade Aumentada

Para muitos, esses termos ainda parecem coisa de ficção científica. Porém, ambos os conceitos estão cada vez mais incorporados na rotina das pessoas.

Por um lado, temos a realidade aumentada, muito presente em games, redes sociais e até em algumas campanhas publicitárias. Nela, o usuário tem a chance de mesclar o conteúdo virtual com o mundo real.

Entre as experiências mais comuns, estão games como o Pokémon GO, que se tornou uma febre mundial em 2016, e os filtros/máscaras do Instagram.

Por outro lado, temos a realidade virtual, em que o usuário, por meio de um óculos, pode acessar diversos tipos de conteúdo em um ambiente 100% digital. Ela está ganhando cada vez mais força no Brasil, podendo ser encontrada em shoppings, eventos, consoles e até mesmo em lojas de artigos eletrônicos.

Em alguns lugares do mundo, hospitais, museus, hotéis e diversos outros tipos de estabelecimentos também estão aderindo a essa tecnologia, que deve ser uma das grandes protagonistas do universo do e-commerce no metaverso.

  • NFTs

Baseados totalmente em blockchain, os NFTs são ativos que servem como uma espécie de método para autenticar e estabelecer valor para propriedades digitais. Trata-se de um conceito que, definitivamente, estará associado ao metaverso.

Por meio dessa concepção, e-commerces poderão vender versões virtuais dos seus produtos, sejam eles relacionados a moda, brinquedos, carros, imóveis, obras de arte… Sim, as possibilidades são infinitas.

  • Gamificação no metaverso

A gamificação está sendo adotada por diversos e-commerces do Brasil e tende a ganhar ainda mais força dentro do metaverso. De maneira resumida, esse conceito mostra que os consumidores querem se divertir, mesmo quando fazem algo tão cotidiano quanto fazer uma compra online.

Na prática, será comum encontrarmos marcas que ofereçam pontos de fidelidade por meio de jogos baseados em seus produtos ou soluções. Com isso, é possível proporcionar uma experiência super interativa durante toda a jornada de compra.

Upgrade no conceito do omnichannel

Desde que o omnichannel se tornou uma técnica muito utilizada no comércio eletrônico, vimos empresas se esforçando para oferecer experiências integradas em ambientes diferentes de compra.

Contudo, quando analisamos o que é o metaverso, enxergamos uma expansão extremamente relevante desse conceito, pois, por meio dele, será possível atingir um novo patamar de integração, que aproveita as vantagens das lojas físicas e das lojas digitais, em um mesmo espaço tridimensional.

Ou seja, compras virtuais prometem ser muito mais imersivas do que são atualmente. Entre as inovações que podemos esperar, está a possibilidade de experimentar roupas digitalmente, ou mesmo ver como determinado móvel vai ficar em sua casa, em uma escala muito próxima da realidade.

Em resumo, você poderá ter um espaço digital que ofereça uma experiência semelhante a uma loja física, sem deixar de lado os benefícios presentes em uma plataforma de e-commerce.

Entendeu o que é o metaverso?

Trata-se de uma tecnologia que pode modificar, de maneira direta, o comportamento e a jornada de compra do consumidor online.

Ainda vai levar alguns anos até que essa ferramenta esteja completa, acessível e presente no dia a dia das pessoas. Então, continue acompanhando as próximas atualizações sobre o metaverso.