Marketplace de nicho: o guia completo sobre essa tendência que está em alta | homepage

Conheça a FastStore Beta da Imediata: We ♥ shopping experience

Marketplace de nicho: o guia completo sobre essa tendência que está em alta

O marketplace de nicho é uma tendência que está bem em alta e em constante crescimento.

Fazer parte de um marketplace de nicho beneficia uma empresa de muitas maneiras, sendo esse um modelo de negócio bem relevante para quem deseja expandir suas vendas e ter sua marca vendendo em grandes sites.

Vem acompanhar o conteúdo deste artigo para conhecer melhor essa tendência do marketplace de nicho.

O que é marketplace de nicho?

É uma loja virtual que reúne os produtos de marcas diversas que podem ou não ser do mesmo segmento, isso em um só lugar. Um marketplace que só vende produtos de petshop, por exemplo, foca o atendimento a esse nicho específico do mercado.

Esse é um meio de vendas onde o consumidor vê a possibilidade para encontrar diversos itens no mesmo lugar, além de conseguir comparar detalhes importantes como tempo de entrega, preços, promoções e frete.

São vários os tipos de marketplace de nicho, sendo que para cada um dos nichos pode existir um marketplace. Ele pode ser no formato B2C (venda de empresa para consumidor final), pode ser modelo B2B (venda de empresa para empresa) ou o C2C (onde consumidor vende para consumidor).

Qual diferença do marketplace de nicho para o “tradicional”?

Um marketplace de nicho funciona da mesma forma que um marketplace tradicional, porém com a diferença de que o de nicho se restringe a marcas de um segmento específico, enquanto o segundo abrange empresas de segmentos diferentes.

Um marketplace tradicional recebe a visita de consumidores com necessidades diversas, já o de nicho, atende a um público com necessidades específicas, ou seja, que está mais avançada no funil de vendas.

Qual o maior diferencial?

Ao entender a necessidade atual de agilizar todos os processos, você começa a entender o seu consumidor, percebendo mais fácil o por que essa é uma tendência para o comércio virtual.

No caso, se o consumidor deseja ter uma experiência cada vez mais rápida e simples, ele pode buscar o que precisa em um marketplace desse tipo.

Quais são as vantagens?

Se estiver pensando em montar um marketplace de nicho, e você ainda não entender que essa é uma boa opção, veja algumas vantagens de fazer esse investimento:

  • Mercado em constante expansão

O aumento das vendas online nos últimos tempos contou com um crescimento significativo do mercado de marketplaces, o tornando uma tendência promissora para o comércio virtual.

A oportunidade do consumidor encontrar o que deseja de forma prática e do vendedor vender para um setor específico é uma vantagem que torna as compras mais rápidas.

  • Consumidores mais qualificados

Os consumidores que buscam marketplaces de nicho, geralmente são mais específicos, sendo mais propicio a fechar uma compra.

A segmentação do público melhora até mesmo o resultado das estratégias de marketing digital, permitindo que seus anúncios e publicidades sejam bem direcionadas ao seu público.

Como começar?

Vamos te mostrar algumas dicas para usar nessa modelo de vendas. Confira!

Defina o nicho de atuação

O primeiro passo e o principal:
Definir o nicho de atuação do seu marketplace. Por definição, o nicho em que vai atuar se refere a uma parcela pouco ou nada atendida de diversos consumidores.

A vantagem de definir seu nicho é justamente por poder trabalhar com foco em “x” consumidores, sejam eles de produtos ou serviços. Assim, atingindo possivelmente um mercado pouco explorado.

Defina a estratégia da receita

Existem alguns modelos de receita para usar no marketplace e, cada um deles possui sua maneira de distribuir a comissão sobre as transações realizadas na plataforma.

Os mais comuns são as comissões mensais, onde cada lojista deve pagar um valor por mês para usar a plataforma. E por transação, o marketplace fica com uma porcentagem sobre cada negócio fechado pelo vendedor.

Escolha um modelo de negócio

O melhor modelo de negócio depende das características do próprio marketplace que você está montando. Então, considere o modelo de receita adotado e os produtos ou serviços que serão oferecidos no site.

Veja quais os modelos de negócio mais comuns:

  • Serviços por orçamento: serviços que dependem de uma negociação prévia do orçamento, de prazos e outras condições.
  • Produtos por orçamento: modelo que também envolve uma negociação entre as partes, mas para a venda de produtos.
  • Serviços por agendamento: serviços que depende de um agendamento prévio, como aulas particulares e consultas médicas.
  • Aluguel de espaços ou produtos: tipo de marketplace que facilita o aluguel de espaços para eventos, venda de roupas etc.
  • Marketplace de produtos: modelo mais popular, usado por marketplaces que funcionam como mediadores na venda de produtos.

Identifique qual modelo tem mais a ver com o seu negócio para tomar a melhor decisão.

Considere que para lançar um marketplace, você precisa contratar uma agência especializada como a ImediataDesign, para desenvolver uma boa estrutura de vendas na plataforma.

Conquiste vendedores para seu marketplace

Se o seu marketplace de nicho está quase pronto, é hora de buscar vendedores para a sua plataforma.

Nesse momento, é importante definir a persona dos seus lojistas ou prestadores de serviço. A partir das características definidas, fica mais fácil saber em quais canais você pode encontrar potenciais vendedores para o seu marketplace.

Assim, esperamos ter ajudado nessa estratégia e esclarecido que criar um marketplace de nicho é uma excelente oportunidade de vender na internet.

Para investir nesse mercado, é fundamental conhecer os hábitos dos consumidores e agir sempre com planejamento. Conte com a Imediata para alavancar suas vendas!

Fonte Inspiração: E-COMMERCE BRASIL